OUTROS DESTAQUES
Satélite
Nera e Hispamar fornecerão banda larga via satélite
quinta-feira, 27 de novembro de 2003 , 18h26 | POR SÉRGIO DAMASCENO

A Nera e a Hispamar fecharam contrato, no valor de US$ 6 milhões, para o fornecimento de banda larga via satélite. Pelo contrato, a Nera fornecerá a estação em terra, terminais e serviços e também implementará a solução. Até agora, a Nera oferecia soluções de rádio e terminais móveis para o sistema Inmarsat. A tecnologia que suportará a infra-estrutura é a DVB-RCS (Digital Video Broadcasting – Return Channel via Satellite), já está em operação na Espanha, Ilhas Fiji e Noruega.
O presidente da Nera Brasil, Eduardo Fadanelli, diz que os novos serviços estarão disponíveis a partir de janeiro do ano que vem, com cobertura pelo satélite espanhol Hispasat 1D, que opera em banda Ku e cobre parte da América Latina e Europa, com 28 transponders. A partir de junho do ano que vem, com a entrada em operação do satélite Amazonas, da Hispamar, todo o País e a América Latina serão cobertos pelos novos serviços.
Os terminais serão produzidos pela Nera em sua unidade em Alphaville (SP) e somente a produção das placas será terceirizada. Fadanelli diz que a Hispamar terá condições de oferecer não somente a cobertura em áreas remotas como também em localidades urbanas não cobertas pelo ADSL, como regiões periféricas da cidade de São Paulo, por exemplo. O executivo confia na demanda do mercado, a despeito das projeções mundiais. Segundo ele, as empresas de satélite cobrem apenas 2% do mercado de banda larga. O Brasil deve encerrar este ano com 1,1 milhão de acessos banda larga. Fadanelli diz que, a seguir essa estimativa, se o mercado para satélite no Brasil for de 20 mil acessos, já está muito bom.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top