OUTROS DESTAQUES
Sucessão na Anatel
Sinttel-DF levanta suspeita de "caixa de campanha"
quinta-feira, 27 de novembro de 2003 , 19h36 | POR REDAÇÃO

O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações do Distrito Federal ? Sinttel/DF publicou nesta quinta, 27, informe publicitário no jornal Correio Braziliense, de Brasília, tecendo comentários sobre as funções da Anatel utilizando como ?gancho? a indicação do primeiro conselheiro da Anatel escolhido no governo Lula. A nota, assinada pelo presidente do sindicato, engenheiro Brígido Ramos (um dos nomes que circulavam como possíveis indicados para o cargo), afirma que a ?chegada do novo dirigente indicará o rumo efetivo que o Governo Lula pretende imprimir ao setor de telecomunicações?. Segundo a nota, no governo Lula, as telecomunicações deverão deixar de ser mera "commodity", sendo fundamental que elas "gerem ganhos de produtividade que revertam para a sociedade com um todo". Para o Sinttel, "o futuro comando da Anatel deverá garantir à sociedade um novo tempo onde se assegure aos grupos privados a permanência e até mesmo a ampliação das parcerias, desde que estritamente aderentes ao interesse maior, originário do povo". Isso deve acontecer "sem radicalismos, no cumprimento dos contratos, na fiscalização, nas fusões, nos debates e conflitos societários de consórcios, grupos e operadoras de telecomunicações, atuando de forma equilibrada, buscando resultados onde o consumidor não seja a vítima do processo". Finalmente, a nota do Sinttel alerta que a relação com o capital privado não venha "jamais como contrapartida de financiamentos de campanhas eleitorais de deputados dederais, presidência, governadores e até futuras eleições municipais".

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top