OUTROS DESTAQUES
Sucessão na Anatel
Bedran é indicado para o conselho diretor da agência
quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007 , 15h33 | POR CARLOS EDUARDO ZANATTA

O atual procurador geral da Anatel, Antônio Bedran, teve seu nome encaminhado à Casa Civil nesta quarta, 28, pelo ministro Hélio Costa, para ocupar a quinta vaga no Conselho Diretor da Anatel. A informação foi confirmada pelo próprio ministério.

Idas e vindas

A indicação de Bedran, um dos primeiros nomes que o ministro Hélio Costa cogitou para colocar no Conselho Diretor da Anatel, sofreu um enorme bombardeio por parte dos segmentos sindicalistas da área de telecomunicações, especificamente a direção da Fittel, que consideravam o advogado como alguém alinhado aos princípios defendidos no conselho pelos conselheiros que compuseram a primeira direção da agência. Entre estes estariam José Leite Pereira, que aliás, termina seu mandato no começo de novembro próximo.
O ministro Hélio Costa insistia que Bedran não tinha este alinhamento, e que a importância de sua indicação estava no fato de ele ter sido procurador da agência desde a criação do órgão. O acordo político do presidente Lula com o PMDB antes das eleições garantia a este partido uma das vagas na Anatel. Como Hélio Costa insistia que Bedran era um técnico sem vinculação partidária, o nome do procurador sumiu do noticiário. No começo deste ano, quando o presidente Lula definiu-se por indicar o nome do embaixador Ronaldo Sardenberg, nome técnico, na vaga que seria para o PT, o ministro Hélio Costa voltou a apresentar ao seu partido o nome de Bedran: ?Um técnico também em nome do PMDB, seguindo a mesma linha do que fez o PT?. Deu certo.

Sardenberg

A Comissão de Infra-estrutura do Senado Federal marcou para as 10 horas desta quinta, 1, a sabatina do embaixador Ronaldo Sardenberg para ocupar a outra vaga de conselheiro da Anatel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top