OUTROS DESTAQUES
Portabilidade numérica
Expectativa é que não haja problemas na implantação
quinta-feira, 28 de agosto de 2008 , 20h10 | POR HELTON POSSETI

Os problemas apresentados nos testes de conexão entre as operadoras não é mais impeditivo para a implantação com sucesso da portabilidade numérica a partir da próxima segunda-feira, 1, na opinião de fonte envolvida diretamente no processo. O índice de sucesso dos testes (que chegou a ser de 11% em alguns casos) hoje está na casa dos 80%, o que na opinião da fonte, que prefere não ser identificada, não é mais impeditivo para a implantação do serviço. "Não há mais motivos para crer que essa coisa não vai acontecer", diz.
As fixas foram as empresas que mais tiveram problemas na integração dos sistemas, com destaque para a Telefônica (que, segundo a fonte ainda teria alguns problemas) e Embratel. No campo das móveis, a TIM "teve um nível de problemas que eu não esperava". As operadoras que se saíram melhor no período de teste foram Claro, Vivo e GVT, segundo a fonte. "Até janeiro, havia uma divisão clara das empresas que queriam e das que não queriam a portabilidade. Depois disso, houve um nivelamento. Mas os problemas nos testes, sem dúvida, são um mix de incapacidade técnica e falta de vontade", diz.
Depois do pedido formal de sete operadoras (Brasil Telecom, CTBC, Oi, Sercomtel, Telefônica, TIM e Vivo) por mais prazo à Anatel, o presidente da agência, embaixador Ronaldo Sardenberg, "se fez mais presente" no GIP com a indicação de membros de duas superintendências para compor o grupo e repassar a as informações, o que, aparentemente não estava sendo feito de forma satisfatória.
A carta das operadoras foi enviada à Anatel dia 20 de agosto e mostrou ao conselho da agência que o processo não estava indo tão bem quanto se dizia. No dia 1º de agosto, por exemplo, o coordenador do Grupo de Implementação da Portabilidade Numérica (GIP), Luiz Antonio Vale Moura disse a este noticiário que "as operadoras se comprometeram a executar todos os testes até 14 de agosto. Desde maio eles acontecem e não registramos nenhum insucesso". Oi, Claro e Vivo já anunciaram que não vão cobrar pela portabilidade.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top