OUTROS DESTAQUES
É possível fazer a cisão, diz Guerreiro
terça-feira, 28 de setembro de 1999 , 20h04 | POR REDAÇÃO

Ainda segundo uma fonte da Embratel, a criação de uma subsidiária controlada pela operadora para a exploração de serviços de satélites não irá contra as regras do setor impostas pela legislação brasileira. Consultado por TELETIME News, o presidente da Anatel Renato Guerreiro diz não ter sido informado sobre qualquer consulta oficial à agência, mas lembra que houve conversas informais sobre o assunto. Guerreiro disse também que a cisão da operadora para a criação da unidade de satélites é possível dentro de determinadas condições, lembrando a cisão da CRT, que, mesmo privatizada, englobava a operadora fixa e a celular.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top