OUTROS DESTAQUES
Entenda o caso II
terça-feira, 28 de setembro de 1999 , 20h04 | POR REDAÇÃO

A Assembléia Legislativa do Estado concluiu há algumas semanas um processo de CPI que apontou diversas falhas no processo de alienação das ações da empresa. "Parece-nos evidenciado que a alienação das ações da Cemig não se realizou dentro dos padrões éticos, constitucionais e legais que devem nortear o trato da coisa pública", conclui o relatório. Baseado nas conclusão da CPI, o governo pediu ao Tribunal de Justiça a anulação do acordo, com ação tutelar (espécie de liminar). Como a tutelar foi concedida hoje, os sócios privados terão que sair do controle e deixar de indicar os executivos até que se decida judicialmente o mérito da questão societária.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top