OUTROS DESTAQUES
Caso Opportunity
Justiça nega liminar contra emissão de debêntures de Zain
sexta-feira, 28 de setembro de 2007 , 19h11 | POR FERNANDO PAIVA

Foi frustrada a tentativa do Opportunity de suspender na Justiça a emissão de debêntures conversíveis em ações de Zain Participações, no valor de R$ 380 milhões, cujo objetivo é pagar uma dívida junto ao BNDES. A juíza Fernanda Galizza do Amaral, da 3ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, indeferiu nesta sexta-feira, 28, o pedido de liminar de Opportunity Lógica Rio Consultoria e Participações Ltda. que pedia a suspensão da emissão e a interrupção do prazo para exercício do direito de preferência. A juíza argumentou que, como o Opportunity Lógica manifestou seu interesse em exercer seu direito de preferência na emissão de debêntures antes mesmo da apreciação do pedido de liminar, este perdeu o sentido.
A juíza tampouco concordou com o pedido do Opportunity Lógica de impedir a conversão futura das debêntures em ações. A empresa do grupo Opportunity alegava que a conversão poderia gerar prejuízo para os atuais acionistas. A juíza discordou, lembrando que o Opportunity Lógica tem apenas 0,2883% de Zain Participações. ?Além disso, uma vez exercido o direito de preferência, não vislumbro qualquer risco de diluição da participação acionária da empresa autora?, escreveu ela em sua decisão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top