OUTROS DESTAQUES
Balanço
Embratel registra lucro de R$ 15 mi e margem EBITDA de 30%
terça-feira, 28 de outubro de 2003 , 12h18 | POR REDAÇÃO

A Embratel registrou margem EBITDA de 30,8% no terceiro trimestre deste ano, um crescimento de 8 pontos percentuais se comparado com os 22,7% verificados no trimestre anterior. No terceiro trimestre de 2002 a margem foi de 24%. O EBITDA da operadora foi de R$ 553 milhões entre julho e setembro deste ano, o que representa um crescimento de 46% em relação aos três meses anteriores. No terceiro trimestre de 2002 o EBITDA foi de R$ 442 milhões.
O lucro líquido da empresa, no entanto, caiu para R$ 15 milhões, contra os R$ 128 milhões registrados no segundo trimestre. A queda se deve à desvalorização do Real frente a moedas estrangeiras, segundo o balanço da Embratel. No terceiro trimestre de 2002, houve um prejuízo de R$ 550 milhões. A companhia acumula um lucro líquido de R$ 155 milhões nos nove primeiros meses do ano. A receita líquida no último trimestre foi de R$ 1,8 bilhão, 7,8% acima do registrado entre abril e junho.
A provisão para devedores duvidosos (PDD) foi de R$ 81 milhões, equivalente a 3,4% da receita bruta. Foi o sétimo trimestre consecutivo de queda na PDD. No segundo trimestre, ela representou 3,9% da receita bruta da Embratel.

Serviços

A receita de longa distância nacional da Embratel cresceu 14% na comparação com o trimestre anterior, alcançando R$ 1,1 bilhão. O motivo foi o tráfego gerado pelas operadoras do Serviço Móvel Pessoal (SMP). A receita de longa distância internacional, por outro lado, caiu 5% em relação ao segundo trimestre, tendo sido de apenas R$ 204 milhões. Em telefonia local a empresa revelou no balanço apenas o número de clientes conquistados até o momento: 1,37 mil. O Click 21, serviço de acesso gratuito à Internet da Embratel, fechou o trimestre com 200 mil usuários cadastrados após 90 dias em funcionamento.
A receita de comunicação de dados da operadora manteve-se estável em R$ 437 milhões, quando comparada com o segundo trimestre. Em relação ao terceiro trimestre de 2002, entretanto, houve queda de 4% devido à ?perda de contratos com entidades que foram objeto de fusões e aquisições (especialmente nos setores bancário e de telefonia móvel) e uma fraca performance da indústria de Internet como um todo?, informa o balanço.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top