OUTROS DESTAQUES
Última milha
GVT negocia parcerias com operadoras de TV paga
terça-feira, 28 de outubro de 2003 , 16h05 | POR REDAÇÃO

A GVT negocia com a Canbrás (recém adquirida pela operadora Horizon) e Net Serviços o uso das redes das duas operadoras de TV por assinatura como solução de última milha para expandir-se nas áreas onde aquiriu novas licenças de telefonia fixa(São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte). De acordo com o diretor de vendas da GVT para estes mercados, Paulo Humberto Gouvêa, o uso das redes está entre as alternativas consideradas, assim como acesso local sem fio (wi-fi), para consolidar a presença da espelho nestas localidades, chamada de ?triângulo de ouro? por concentrar a maior parte do mercado corporativo do País.
A empresa reservou um investimento total de US$ 90 milhões nas três cidades, sendo que em São Paulo, onde opera há um ano com licença de multimídia (SCM) e, há dois meses com STFC, já fechou contrato para compartilhamento de infra-estrutura com operadoras de redes metropolitanas como Iqara, Diveo e Eletropaulo, entre outras. Operando como espelho da Brasil Telecom há cerca de três anos, a empresa quer fixar-se como uma grande concorrente em telecomunicações, especialmente no mercado corporativo, nos principais mercados do País.
Entre os principais objetivos da GVT nestes novos mercados será atender as pequenas e médias empresas, como assinalou o vice-presidente de vendas e marketing, Rodrigo Dienstmann, oferecendo principalmente serviços como acessos de banda larga ADSL e serviços de voz local e de longa distância. Em apenas 60 dias de operação em São Paulo, como observou o executivo, a GVT conseguiu instalar 1,5 mil linhas, com um tráfego acumulado de 20 milhões de minutos. A GVT, que tem atualmente 46% de suas 700 mil linhas instaladas dedicadas ao segmento corporativo, participa da Futurecom 2003, em Florianópolis, Santa Catarina.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top