OUTROS DESTAQUES
Internacional
Órgão regulador dos EUA abre fogo contra a AT&T por planos de velocidade reduzida
terça-feira, 28 de outubro de 2014 , 18h43 | POR REDAÇÃO

Enquanto no Brasil a Anatel investiga o possível fim de planos com velocidade reduzida na Internet móvel, o órgão regulador de concorrência norte-americano, a Federal Trade Commission (FTC), deu entrada em um processo contra a operadora AT&T a acusando de ter "enganado milhões de seus clientes de smartphone ao cobrar por planos de dados 'ilimitados' enquanto reduz a velocidade dos dados, em alguns casos para cerca de 90%", após o consumo de certa quantidade da franquia. Em comunicado emitido nesta terça, 28, o órgão alega que a tele não informou seus usuários, reduzindo a conexão ao ponto que aplicações comuns em dispositivos móveis, como navegação na Internet, GPS e "assistir a streaming de vídeo", ficam "difíceis ou quase impossíveis de usar".

A FTC afirma que os planos da AT&T são promovidos com ênfase na palavra "ilimitado", apesar de não oferecer franquia dessa forma, por vezes limitando após o consumo de 2 GB. Outra reclamação é que a operadora cobrou taxas de encerramento de contrato dos clientes que ficaram insatisfeitos com a prática, "geralmente na casa de centenas de dólares". A Comissão diz ainda que a tele tem feito isso desde 2011, afetando cerca de 3,5 milhões de usuários únicos por mais de 25 milhões de vezes no total. A decisão caberá à justiça do distrito nordeste da Califórnia, nos Estados Unidos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top