OUTROS DESTAQUES
Reestruturação
Telefônica demite 500 funcionários
quarta-feira, 29 de março de 2006 , 20h31 | POR IVONE SANTANA

O Grupo Telefônica demitiu neste mês cerca de 500 funcionários no Brasil (de um total de 8 mil), das unidades Telesp, Telefônica Empresas (TIC e Assist), T-Data e T-Gestiona. A informação foi confirmada pelo secretário executivo da Federação Nacional dos Empregados em Telecomunicações (Fenatel), Antonio Toschi. Segundo ele, as condições para as dispensas foram negociadas com o sindicato da categoria em São Paulo, o Sintetel. A Telefônica, que inicialmente informava ter ocorrido apenas 40 demissões, admitiu, através de sua assessoria de imprensa, que foram 500 dispensas. Mas atribuiu 250 delas a um turn over desde janeiro. A justificativa da empresa em relação ao número inicial é de que os 40 se referiam apenas à Telefônica Empresas, enquanto o grupo todo demitiu 250 só em função da fusão da Telefônica Empresas com a Telesp.
Toschi, entretanto, argumenta que para o grupo todo as demissões atingiram 700 pessoas. Além disto, questiona o número referente ao turn over, uma vez que não teria havido substituição dos demitidos.
A empresa apresentou aos empregados com mais de cinco anos de registro um plano de demissão incentivada (PDI), que prossegue até a próxima sexta-feira, 31. Aqueles que aderiram receberão meio salário a mais por ano trabalhado (máximo de dez salários) e seis meses de assistência médica e de tíquete alimentação. Além disto, haverá cursos de reciclagem para os que quiserem continuar na área de telecomunicação ou mesmo mudar de setor. Os aposentados também serão treinados para que se adaptem à nova realidade.
A Telefônica Empresas tornou-se uma área da Telesp, com o segmento empresas comandado por Roberto Medeiros, que passou ao cargo de vice-presidente. A incorporação torna-se efetiva a partir do próximo dia 28 de abril.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top