OUTROS DESTAQUES
Serviços móveis
ZTE investe US$ 2 milhões em fábrica no Brasil
quarta-feira, 29 de outubro de 2003 , 20h35 | POR REDAÇÃO

A ZTE Corp. decidiu investir US$ 2 milhões no Brasil para a instalação de uma fábrica de infra-estrutura celular com a tecnologia CDMA, inicialmente para atender a espelhinho TMais. A unidade produzirá BTS, ou estações radiobase, e será inaugurada ainda neste ano. O anúncio foi feito pelo vice-presidente sênior da empresa chinesa, Shiyou He, durante a Futurecom, evento que acontece em Florianópolis (SC). A segunda fase de investimento na fábrica, para produção de handsets, dependerá da evolução do mercado. O diretor de desenvolvimento de estratégia e negócios externos da ZTE do Brasil, Edson de Melo, disse que estão sendo negociados três modelos de produção de handsets: com uma marca já reconhecida no mercado nacional ou com uma marca de uma operadora ? por meio de terceirização -, ou ainda com marca própria da ZTE. Um dos modelos deverá ser adotado até o final de 2004.
A fábrica brasileira será a sede para toda a América Latina. A empresa já tem escritórios no Rio, São Paulo e Brasília; no Peru, Cuba, Colômbia, México e Equador, além de representações na Argentina, Chile e Venezuela.
Apesar de ser uma empresa relativamente jovem em relação a outros fabricantes mundiais ? tem apenas 18 anos -, a ZTE tem crescido acima do PIB de seu país. Enquanto a economia da China em torno de 8% anualmente, nos últimos anos, a ZTE registrou índice superior a partir de 2002 e, neste ano, até outubro, evoluiu mais de 18% em comparação a 2002, com previsão de atingir 30%, de acordo com Melo. O faturamento, que atingiu US$ 2 bilhões globalmente, em 2002, somou US$ 1,4 bilhão no primeiro semestre deste ano, com previsão de totalizar US$ 2,5 bilhões até o fim do ano fiscal. Os handsets têm pequena participação ? cerca de US$ 600 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top