OUTROS DESTAQUES
Nova guerra judicial pode acontecer. Opportunity exige controle
quarta-feira, 30 de janeiro de 2002 , 22h36 | POR REDAÇÃO

Maria Amália Coutrim, sócia-diretora do Opportunity, ainda acredita em uma solução negociada, mas, se isso não for possível, o banco gestor entrará mesmo com uma ação judicial contra os fundos. "Queremos legitimamente ter autonomia para gerir esses ativos e recuperar o controle das operadoras Telemig Celular e Amazônia Celular", explicou a executiva. Todavia, segundo fonte ligada aos fundos de pensão, será difícil se chegar a um acordo e o mais provável é que seja iniciada nova guerra judicial. No ano passado o Opportunity perdeu o controle das referidas operadoras de telefonia celular para seus sócios TIW e fundos de pensão.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top