OUTROS DESTAQUES
Guerra tarifária só é possível com dólar em alta
segunda-feira, 30 de julho de 2001 , 21h10 | POR REDAÇÃO

De acordo com o diretor internacional da Embratel, Jeoffrey Biddulph, a redução drástica nos preços das chamadas para os EUA só é possível graças à alta do dólar. "Pelo tráfego entrante vindo dos EUA, as operadoras americanas pagam em dólar. Nosso tráfego sainte, entretanto, está fixado em reais. Além disso, o tráfego entrante vindo dos EUA é cerca de três vezes maior que o tráfego sainte que vai para lá. A diferença é paga pelas operadoras americanas à Embratel", explicou o executivo. Trocando em miúdos: a Embratel não espera ter prejuízo com a promoção, mas uma perda de receita. Porém, uma diminuição no faturamento irá agravar mais ainda o quadro pouco confortável da operadora este ano, durante o qual, até agora, a empresa já acumulou um prejuízo de cerca de R$ 70 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top