OUTROS DESTAQUES
Brasil propõe Intelsat privado, mas com ressalvas
quinta-feira, 30 de setembro de 1999 , 19h20 | POR REDAÇÃO

O vice-presidente da Anatel, Francisco Perrone, anunciou nesta quinta, dia 30, a posição brasileira a ser defendida na próxima reunião do conselho do Intelsat, a ser realizada na Malásia nos dias 23 a 26 de outubro. O Brasil vai defender uma posição que deverá permitir a privatização do sistema, mantendo-se alguns controles estatais para garantir o cumprimento dos objetivos do Intelsat. Segundo Perrone, o processo de privatização do Intelsat poderia ter uma opção ainda mais ousada: a privatização sem nenhuma ressalva. Mas o governo brasileiro não considera interessante este posicionamento.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top