OUTROS DESTAQUES
Lei de Informática não é votada, mas já há acordo
quinta-feira, 30 de setembro de 1999 , 19h20 | POR REDAÇÃO

Depois de muitas negociações, finalmente o governo e a bancada amazônica conseguiram fechar um acordo sobre o projeto que estende os benefícios da Lei de Informática. O substitutivo foi modificado e a votação foi marcada para a próxima terça-feira, dia 5 de outubro. No dia 6 deve ser votado no plenário da Câmara o pedido de urgência. A reunião em que o acordo foi fechado foi realizada na Casa Civil, sob a coordenação do ministro Pedro Parente, e contou com a participação dos líderes do governo na Câmara e no Congresso, deputados Arnaldo Madeira (PSDB/SP) e Arhur Virgílio (PSDB/AM), os deputados Júlio Semeghini (PSDB/SP) e Pauderney Avelino (PFL/AM), senador Bernardo Cabral (PMDB/AM), o vice-governador do Amazonas, Samuel Hanan, o secretário-geral da presidência, Aloysio Nunes Ferreira e os secretários-executivos dos ministérios da Fazenda, Desenvolvimento e Ciência e Tecnologia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top