OUTROS DESTAQUES
Os planos da nova empresa
quinta-feira, 30 de setembro de 1999 , 19h20 | POR REDAÇÃO

Em entrevista coletiva concedida após a assinatura de contrato, o CEO da Global Village Telecom, Shaul Shani, não quis entrar em detalhes sobre a estratégia que a empresa pretende adotar para entrar no mercado brasileiro. Shani disse que a GVT deve investir US$ 600 milhões em três anos para cumprir os compromissos mínimos estabelecidos com a Anatel. Mas fez questão de ressaltar que estes investimentos podem ser maiores. Sobre as tecnologias e serviços, o executivo não quis dar detalhes, mas disse que pretendem usar as novas tecnologias disponíveis e que vão oferecer serviços de voz, dados e Internet. A empresa também calcula que deve gerar de um a dois mil empregos. Mas diz que não pretende trazer muita gente de fora, porque confia que no mercado nacional há muitas pessoas capacitadas, inclusive para ocupar cargos executivos. A sede da empresa ficará dividida entre Brasília e Curitiba.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top