OUTROS DESTAQUES
Brasil Telecom
Dirigentes da BrT entram para "organizar" empresa
sexta-feira, 30 de setembro de 2005 , 18h40 | POR REDAÇÃO

O presidente do conselho de administração da Brasil Telecom S/A, Sérgio Spinelli Silva Júnior, apresentou à imprensa na tarde desta sexta, 30, o perfil da nova diretoria da empresa. O presidente Ricardo Knoepfelmacher é um especialista em ?arrumar empresas desorganizadas". Como se sabe que a intenção do Citigroup e dos fundos de pensão é vender suas participações na empresa em no máximo mais dois anos, é clara a opção por Ricardo K.
Além das mudanças na direção de operações, o novo presidente da Brasil Telecom anunciou que o diretor financeiro, Charles Putz, oriundo da Telefônica Empresas, deverá responsabilizar-se pela área de suprimentos. É clara a intenção de ter um severo controle dessa área em função de suspeitas de gestões fraudulentas no passado.
Francisco Perrone, ex-vice presidente da Anatel, assume formalmente a diretoria de recursos humanos, mas será o responsável pelo planejamento estratégico da empresa e pelas relações institucionais, especialmente com a agência reguladora. E, finalmente, a diretoria jurídica será ocupada por Darwin Correa, ex-diretor da Secretaria de Direito Econômico (SDE) e ex-procurador da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
Spinelli acentuou que participaram da reunião do conselho de administração todos os conselheiros, inclusive os dois representantes da Telecom Italia (André Urani e Jorge Luiz Sarabanda Fagundes), por meio de teleconferência, além de Antônio Cardoso dos Santos, indicado pelos acionistas minoritários.

Futuro

A respeito das possíveis auditorias para verificar se houve algum tipo de ilegalidade ou irregularidade na gestão do grupo Opportunity à frente da Brasil Telecom, Ricardo Knoepfelmacher, o novo presidente da empresa, afirmou que ?se houver algum problema, ele será devidamente investigado, mas o objetivo não é ficar olhando o passado, e sim o futuro". Segundo explicou, a nova diretoria não assumia com uma sanha persecutória em relação aos antigos administradores, nem com a intenção de buscar culpados. ?Nós queremos permear esta administração com ética e transparência?, afirmou.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top