OUTROS DESTAQUES
Telefonia móvel
Siemens transfere unidade para BenQ neste sábado em todo o mundo, exceto Brasil
sexta-feira, 30 de setembro de 2005 , 19h34 | POR REDAÇÃO

A unidade de telefonia móvel da Siemens será transferida legalmente neste sábado, 1° de outubro, para a taiwanesa BenQ em todo o mundo, exceto no Brasil, onde a transferência foi adiada para 31 de dezembro próximo. O processo foi estendido no País devido ao término do ano fiscal da empresa. A venda da divisão foi anunciada em junho último. Acontece que a fábrica de celulares da Siemens em Manaus é parte da Siemens Eletroeletrônica S.A, que pertence ao grupo Siemens e recebe benefícios fiscais da Zona Franca. A Siemens Eletroeletrônica também produz telefones fixos e outros equipamentos de comunicação. São três operações independentes, mas sob a mesma entidade jurídica, explica Humberto Cagno, da diretoria da divisão de telecomunicações e responsável pela fase de transição do negócio. Até o final do ano serão criadas três empresas, sendo que a de celulares será transferida para a BenQ.
Criada em 2002, a área de aparelhos celulares GSM da Siemens é a terceira no ranking de vendas de handsets no País e emprega 1.000 funcionários direta e indiretamente.
O valor da aquisição não foi divulgado, mas a informação é de que a Siemens gastará ? 300 milhões com a transação, dos quais ? 250 milhões pelo pagamento de dívidas e ? 50 milhões pela aquisição de ações (2% do total) da BenQ.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top