OUTROS DESTAQUES
Balanço
Telemar teve prejuízo líquido de R$ 24 milhões
quinta-feira, 30 de outubro de 2003 , 12h34 | POR REDAÇÃO

A Tele Norte Leste Participações teve um prejuízo líquido de R$ 24 milhões no último trimestre. O resultado negativo se deve ao impacto das altas taxas de juros sobre a dívida da empresa. ?No segundo trimestre o prejuízo foi ainda maior: R$ 166 milhões. Estamos revertendo essa situação e caminhando gradativamente de volta à lucratividade?, comentou o diretor financeiro e de relações com os investidores da Telemar, Marcos Grodetzky. A receita bruta da companhia foi de R$ 5,2 bilhões e a receita líquida, R$ 3,8 bilhões, representando um crescimento de 12,7% e 12,8%, respectivamente, na comparação com o trimestre anterior. O EBITDA por sua vez subiu 12,4%, alcançando R$ 1,7 bilhão, o que significa uma margem de 44,1%.
Nos nove primeiros meses do ano a Tele Norte Leste Participações acumulou uma receita bruta consolidada de R$ 14,2 bilhões, ou 21% a mais que o mesmo período em 2002. A receita líquida acumulada foi de R$ 10,3 bilhões, valor 19,5% maior que o registrado nos nove primeiros meses do ano passado. Entre janeiro e setembro a companhia teve um prejuízo líquido de R$ 301 milhões.
Os serviços cujas receitas mais cresceram nos três primeiros trimestres deste ano foram longa distância (44%) e comunicação de dados (26%). O número de assinantes do Velox, serviço de acesso à Internet em ADSL, alcançou 146 mil assinantes, 78% a mais que no trimestre anterior. A expectativa da companhia é atingir 200 mil clientes até dezembro. No âmbito da Oi, merece destaque o crescimento de tráfego SMS, fruto de acordos de interoperabilidade com concorrentes: foram 43 milhões de mensagens no trimestre, ou 13,2% a mais que no período entre abril e julho deste ano.

Dívida

A dívida líquida da Telemar fechou o trimestre em R$ 8,6 bilhões. Houve uma redução de R$ 864 milhões nos últimos três meses e de R$ 1,5 bilhão desde março, quando o endividamento líquido da companhia atingiu seu ponto mais alto no ano ? R$ 10,1 bilhões. Grodetzky estima que a empresa encerrará 2003 com R$ 8,1 bilhões de dívida líquida. No quarto trimestre há vencimentos da ordem de R$ 454 milhões. Em 2004 vencerão R$ 2,4 bilhões; em 2005, R$ 2,5 bilhões; em 2006, R$ 3,2 bilhões; e o restante está espalhado de 2007 em diante. Cerca de 70% da dívida da Telemar é em moeda estrangeira, mas 98,4% desse total está protegido contra variações cambiais. A posição de caixa da companhia somada a suas aplicações financeiras ficou em R$ 2,5 bilhões, em setembro de 2003.
As provisões para devedores duvidosos (PDD) totalizaram R$ 454 milhões nos nove primeiros meses do ano, valor equivalente a 3,2% da receita bruta nesse período.

Operação

Ao final de setembro a Telemar tinha 17,4 milhões de terminais fixos instalados e 15,1 milhões em serviço. O grau de digitalização da rede alcançou 98,8%. Na Oi o número de clientes era de 2,8 milhões no fim do terceiro trimestre. Sabe-se que já chegou a 3 milhões em outubro e a meta é atingir 3,6 milhões até o final do ano, dos quais 400 mil devem ser conquistados em dezembro, graças às vendas durante o Natal.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top