OUTROS DESTAQUES
Inclusão digital
Ministérios articulam projeto para reforçar o PAC
quarta-feira, 31 de janeiro de 2007 , 18h38 | POR CARLOS EDUARDO ZANATTA

Uma articulação entre os Ministérios das Comunicações e Educação com a participação do Planejamento vai fundir os projetos de inclusão digital do Minicom e os projetos de informatização das escolas públicas, já em andamento. A idéia é reforçar as propostas de inclusão digital dentro do Programa de Aceleração do Crescimento, PAC, anunciado há uma semana pelo presidente Lula. O reforço para a área educacional, aliás, já estava previsto pelo presidente, que o mencionou em seu discurso durante o lançamento do PAC no Palácio do Planalto.
Na área do Minicom um dos projetos principais é o telecentro, pelo menos um para cada município brasileiro, com previsão para instalação também em escolas. A licitação para a compra dos equipamentos começou em meados de dezembro e ainda enfrenta alguns questionamentos por parte de um dos proponentes em relação às características do pregão eletrônico utilizado.
Outro projeto é a universalização do Gesac, cujo edital de licitação, finalmente deverá ser publicado no começo de fevereiro com dois meses de atraso. O Gesac pretende oferecer pontos de conexão em banda larga também em todos os municípios brasileiros. De acordo com o ministro Hélio Costa, uma das prioridades será o oferecimento de conexão de internet às mais de 16 mil escolas públicas com laboratórios de informática já instalados pelo MEC. O ministro das Comunicações lembrou ainda que os recursos para os programas de inclusão do Minicom já estão garantidos no orçamento de 2007 (R$ 45 milhões) e na Medida Provisória que provisionou mais R$ 90 milhões que já estavam destinados ao programa dos telecentros e foram utilizados em rubricas orçamentárias de outros ministérios no orçamento do ano passado: ?Por enquanto, não haverá recursos do Fust nestes projetos, mas acreditamos que ainda este ano será possível destinar parcela dos recursos do Fundo para estes projetos?, lembrou Hélio Costa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top