OUTROS DESTAQUES
Default no setor não é surpresa, afirma Standard & Poor's
sexta-feira, 31 de maio de 2002 , 19h31 | POR REDAÇÃO

O default de US$ 12 bilhões no setor de telefonia mundial não é uma surpresa, afirmou a presidente da Standard & Poor's, Regina Nunes. O prazo para o default acontecer é de 3,8 anos, e isso estava previsto antes da bolha de telecomunicações estourar, analisa Regina. "O business plan da BCP é excelente, mas o custo do financiamento foi muito alto", diz a analista de risco. Situação semelhante tem a BCP Nordeste. O rating da operadora é brBBB-. Sua dívida atual é de US$ 667,5 milhões, mais alto que o Capex, de US$ 463 milhões. Ao contrário, outras operadoras da banda B, como Americel (com dívida de US$ 273,4 milhões e Capex de US$ 348,1 milhões) e ATL, com dívida de US$ 475,5 milhões e Capex de US$ 1,996 bilhão) estão em situação bem mais confortável.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top