OUTROS DESTAQUES
Embratel quer ação efetiva da Anatel nas práticas anticompetitivas
sexta-feira, 31 de maio de 2002 , 19h31 | POR REDAÇÃO

Se a Anatel não resolver a questão das teles locais em relação às práticas anticompetitivas denunciadas pela Embratel e pela Intelig, o modelo estará em cheque, afirma a vice-presidente de assuntos locais e externos da Embratel, Purificación Carpinteyro. A Embratel pode receber a licença para operar serviços locais nos próximos dias, mas isso não garante que poderá entrar em operação imediatamente. "Temos a questão da interconexão. Com certeza as teles locais criarão dificuldades para negociar. Temos ainda a questão da programação das centrais, para reconhecer nossos números", cita Purificación, entre outros problemas a serem enfrentados pela Embratel.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top