OUTROS DESTAQUES
Balanço
Brasil Telecom lucra R$ 146 milhões no trimestre
terça-feira, 31 de julho de 2007 , 19h17 | POR REDAÇÃO

A Brasil Telecom Participações (BTP) registrou lucro líquido de R$ 145,5 milhões no segundo trimestre, o que representa um crescimento de 38,5% em relação ao mesmo período do ano passado. A receita bruta da companhia cresceu 9,8% em um ano, alcançando R$ 3,97 bilhões. A receita líquida, por sua vez, aumentou 11,9% no mesmo intervalo, tendo registrado R$ 2,74 bilhões entre abril e junho deste ano. O Ebitda subiu 19,6%, atingindo a marca de R$ 972,7 milhões. A margem Ebitda foi de 35,5%, ou 2,3 pontos percentuais acima da verificada um ano atrás.
A empresa atribui a melhora no seu desempenho financeiro a diversos fatores: crescimento da Arpu nas telefonias fixa e móvel e no ADSL; incremento na receita de longa distância; maior controle de custos, especialmente na telefonia móvel, onde houve redução de 41% no custo de aquisição de assinantes com a diminuição dos subsídios.
Merece destaque o aumento da participação de telefonia móvel e de transmissão de dados na receita: essas duas áreas juntas responderam por 30% do faturamento da companhia no trimestre ? um ano antes era 23%.
O maior crescimento foi em telefonia celular, cuja receita bruta aumentou 62,5% na comparação anual entre trimestres, passando de R$ 375 milhões para R$ 609 milhões. A base de assinantes da operação móvel cresceu 36% em 12 meses, encerrando junho com 3,77 milhões de clientes. Desse total, 23,6% são pós-pagos. A Arpu média no segundo trimestre da operação móvel foi de R$ 33,8. No mesmo período de 2006, a Arpu fora de R$ 26.
A participação de transmissão de dados na receita bruta da BTP passou de R$ 534 milhões para R$ 686 milhões, montante que representa 17% do faturamento total no segundo trimestre deste ano. A receita com ADSL foi de R$ 313 milhões no trimestre. A base do serviço aumentou 25,9% em um ano, alcançando 1,45 milhão de assinantes ao fim de junho.
A receita bruta com telefonia fixa permaneceu praticamente estável com R$ 2,78 bilhões, mas sua participação no faturamento total caiu de 77% para 70% em 12 meses. A base de linhas em serviço caiu 5,3% em 12 meses: ao final de junho eram 7,9 milhões.

Dívida

A dívida líquida da BTP em 30 de junho era de R$ 1,26 bilhão, valor 34,4% menor que o verificado na mesma data no ano passado. A dívida bruta, contudo, teve um pequeno aumento de 1,2% em um ano: ao fim de junho era de R$ 4,3 bilhões. Desse total, R$ 3,52 bilhões são dívidas de longo prazo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top