OUTROS DESTAQUES
Balanço
Receita da Motorola com handsets cai 22% em um ano
quinta-feira, 31 de julho de 2008 , 12h43 | POR REDAÇÃO

O faturamento da Motorola com aparelhos celulares foi de US$ 3,33 bilhões no segundo trimestre deste ano, o que representa uma queda de 22% frente ao mesmo período do ano passado, quando a fabricante havia registrado uma receita de US$ 4,27 bilhões. A unidade de telefones móveis da Motorola registrou um prejuízo operacional de US$ 346 milhões no trimestre. A fabricante vendeu entre abril e junho 28,1 milhões de handsets. Vale lembrar que a Motorola planeja separar sua divisão de celulares em uma empresa à parte, o que é interpretado por alguns analistas como uma possível preparação para a venda dessa área. No ano passado a Motorola perdeu o segundo lugar mundial no mercado de telefones móveis para a Samsung.
O mau desempenho no segmento de telefones móveis foi o principal responsável pela queda de 7% no faturamento total da companhia no segundo trimestre em comparação com o mesmo período de 2007. A receita total da Motorola entre abril e junho deste ano foi de US$ 8,08 bilhões, ante US$ 8,76 bilhões um ano atrás. A empresa registrou lucro líquido de apenas US$ 4 milhões no trimestre. O resultado foi melhor que o prejuízo líquido de US$ 28 milhões registrado um ano atrás.

Redes

Para compensar o mau momento vivido na área de handsets, a Motorola melhorou seu desempenho em suas outras duas unidades. A área de redes residenciais registrou um crescimento de 7% em seu faturamento, na comparação com o mesmo período do ano passado, alcançando US$ 2,7 bilhões e registrando um lucro operacional de US$ 245 milhões. E a unidade de redes corporativas, por sua vez, cresceu 6% no mesmo período, atingindo US$ 2 bilhões e proporcionando um lucro operacional de US$ 377 milhões.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top