OUTROS DESTAQUES
Espelho investirá de maneira gradual em telefonia local
sexta-feira, 31 de agosto de 2001 , 20h07 | POR REDAÇÃO

A Intelig não pedirá de uma vez só dezenas de licenças para prestar telefonia local. Com a possibilidade de escolher entre 67 áreas de numeração, a empresa deverá selecionar algumas poucas para o início de sua operação local a partir de janeiro de 2002. "Claro que São Paulo estará no primeiro grupo de áreas a serem atendidas, mas não sei informar quantas e quais serão as outras. Depois disso, a idéia é ir pedindo novas licenças gradativamente", explicou Rivière. A Intelig considerou justa a regulamentação sugerida pela Anatel para as novas autorizações de telefonia fixa. "Trata-se de uma regulamentação assimétrica, que visa estimular a competição ao favorecer as empresas espelho", disse.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top