OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Hands espera faturar R$ 4,5 milhões com conteúdo para celular em 2006
segunda-feira, 31 de outubro de 2005 , 09h53 | POR FERNANDO PAIVA

O portal de conteúdo Hands, originalmente dedicado a palmtops, lançou agora sua versão em WAP 2 para celulares com tela colorida. A empresa, que hoje tem 150 mil usuários de palmtops, espera aumentar sua base para 5 milhões dentro de 12 meses, graças à expansão para o mundo da telefonia móvel. Em 2006, a expectativa da Hands é ter um faturamento de R$ 6 milhões, dos quais 75%, ou R$ 4,5 milhões, serão oriundos dos acessos ao seu portal através de telefones celulares.
A Hands atua como uma espécie de portal de portais. Em sua página WAP há links para portais de fornecedores de conteúdo, como O Globo, Folha de São Paulo, Agência Estado, InvestNews, LanceNet, Clima Tempo etc. Parte do conteúdo de todos esses parceiros é oferecido de graça: o usuário paga apenas o tráfego, cuja receita fica com a operadora. Esse modelo é mantido por publicidade: a Hands tem hoje patrocínios da Nokia, da Intel e do Itaú.
Outra parte do conteúdo dos parceiros é reservada e só pode ser acessada via o pagamento de um assinatura mensal de R$ 4,5 ou uma diária de R$ 0,75. Além disso, os usuários também pagam pelo tráfego. A receita com assinaturas é compartilhada entre operadora, Hands e parceiros de conteúdo. O pagamento dá direito ao acesso aos sites WAP de todos os fornecedores de conteúdo do portal Hands.
Jornais, como O Globo e Folha de São Paulo, oferecem as notícias mais recentes como conteúdo gratuito, mas reservam o acesso à edição completa para o conteúdo pago. Guias de cinema, por sua vez, oferecem os horários dos filmes de graça, mas para acessar as sinopses é preciso entrar na área paga.
?Queremos tornar a Internet móvel corriqueira?, afirma o diretor de vendas e marketing da Hands, César S. César. Ele aponta como principal barreira de entrada o receio do usuário quanto ao custo do tráfego. O executivo espera que com o passar do tempo os usuários percebam que não é tão caro assim. ?Se ele pagar R$ 0,75 para acessar por 24h a área restrita do portal e visitar um guia de cinemas de noite e a previsão do tempo na manhã seguinte terá usado aproximadamente 50 Kb, que custará cerca de R$ 0,25. Ou seja, terá pago ao todo apenas R$ 1,00?, exemplifica.
Na prática, o portal Hands pode ser acessado por clientes de qualquer operadora celular, mas a integração do serviço está mais adiantada com Claro, Vivo, Tim e Oi.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top